Conteúdo não disponível

Desculpe, este conteúdo não está disponível em seu país, mas temos muitos outros para você aqui

O permanente voltou! Saiba tudo sobre a versão moderna

Beleza
O permanente voltou! Saiba tudo sobre a versão moderna
Beleza
O permanente voltou! Saiba tudo sobre a versão moderna
Thinkstock
Os cabelos cacheados estão na moda, e para alcançar esse efeito, muitas mulheres estão aderindo ao permanente. Confira tudo sobre essa tendência.

Antes, se você pronunciasse a palavra “permanente” em um salão de cabeleireiro, muita gente logo pensaria na técnica para cachear que dominou a década de 80 – e estragou muitas madeixas. Mas você se falar em permanente hoje, esqueça as madeixas volumosas e frisadas, responsáveis por muitas fotos escondidas no fundo do armário. Em vez de passar horas usando um modelador de cachos enorme ou pagar uma fortuna a um profissional, as mulheres estão optando por uma solução definitiva para conseguir o cabelo ondulado dos seus sonhos.

Mas não se trata do mesmo permanente dos anos 80. Confira as diferenças e saiba o que pedir na próxima vez em que for a um salão para cachear suas madeixas. Saem os rolinhos dos primórdios do permanente, entram rolos maiores que os cabeleireiros estão usando para criar ondas suaves e sem frizz. Os produtos químicos da versão moderna são bem menos prejudiciais que os dos anos 80 – e também nos livramos daquele cheiro horrível.

Devido à má fama do permanente, o nome da técnica pode variar. Alguns salões a chamam de “texturização capilar”, entre outros termos. Em vez dos cachos ressecados e com frizz de outros tempos, o permanente moderno garante ondas suaves com muito volume.

Como os cachos naturais não são uniformes, as novas ondas do permanente também não. Em vez dos rolos posicionados numa ordem específica, os novos permanentes parecem mais naturais e conferem um visual mais “desalinhado” aos cachos.

O-permanente-voltou_-Saiba-tudo-sobre-a-versão-moderna-2

Crédito: Thinkstock

Ainda é uma boa ideia tratar intensivamente os cabelos antes e depois do permanente, já que isso certamente afetará o resultado final. Mesmo que as novas versões sejam menos prejudiciais, elas ainda podem danificar seu cabelo. Portanto, peça dicas de cuidados ao seu cabelereiro – e siga-as religiosamente!

Se você tem o cabelo muito curto e muitas camadas, é aconselhável deixá-lo crescer um pouco mais antes de fazer o permanente, já que a forma dos cachos pode mudar.

Procure o profissional mais experiente de seu salão antes de marcar o procedimento – e tire muitas fotos para se inspirar.

Comentários Ver mais comentários