Conteúdo não disponível

Desculpe, este conteúdo não está disponível em seu país, mas temos muitos outros para você aqui

Stacy London é o tipo de pessoa que não só repara no que você está usando como te avisa se seu visual não estiver legal, e por isso nós a adoramos. Mas existem muitas outras qualidades que fazem de Stacy uma mulher incrível.

Confira 10 fatos desconhecidos e surpreendentes sobre a diva do Esquadrão da Moda.

1. Quando criança, Stacy sofreu de psoríase

London conta que quando era criança se sentia muito insegura por causa da psoríase (uma doença em que o corpo produz em excesso as células da pele), que começou aos 4 anos de idade mas se intensificou aos 11 anos. 

Quando estava na sexta série, sofreu tanto com o bullying na escola que acabou desenvolvendo alguns ataques de pânico. 

Hoje, com seus traumas de infância superados, ela costuma dizer que a moda deve ser usada como uma ferramenta para melhorar a autoestima. Stacy acredita que o foco no estilo pessoal pode ajudar pessoas com psoríase a aliviar algumas preocupações. 

Além disso, desde 2007 ela tem sido porta-voz da Fundação Nacional de Psoríase, e foi também o rosto da campanha “Uncover Your Confidence” (Descubra sua confiança), da AbbVie, que visa combater o estigma da psoríase com estilo e informação, reforçando a autoestima.

2. Stacy tem sua mexa de cabelo cinza desde os 11 anos.
stacy-fatos-2

Crédito: DCL

Nos diversos tratamentos que fez para psoríase, Stacy teve os cabelos raspados para melhor aplicar os remédios para as manchas, que se espalhavam não só na pele mas também em seu couro cabeludo. 

Quando seu cabelo voltou a crescer, a mexa grisalha surgiu, talvez como resultado do estresse ou dos tratamentos agressivos. Ela tinha apenas 11 anos. 

Entre 2008 e 2010, Stacy teve um contrato com a Pantene que possuía uma “cláusula cinza”, assegurando que ela poderia manter sua mexa cinza no cabelo.

3. Stacy sofreu de anorexia, bulimia e compulsão alimentar

No início da década de 1990, Stacy lutou contra desordens alimentares e problemas relacionados ao peso. Passando por anorexia, bulimia e compulsão alimentar, seu peso chegou a oscilar entre 40 e 90 quilos. 

Em uma entrevista de 2017, Stacy comentou sua experiência com desordens alimentares:

"Eu já fui de todos os tamanhos. Tive muitos problemas relacionados à imagem corporal e ao peso durante minha vida. Foi necessário muito trabalho para reconhecer que em todos os pesos, não importa como eu me sentia, ainda conseguia encontrar um vestido que me fazia sentir sexy e poderosa”.

4. Stacy não assiste a reality shows de moda 

Em uma entrevista ao The Huffington Post, Stacy admitiu que não assiste a reality shows de moda. A estilosa fashionista confessou que adora programas como "Law & Order: Special Victims Unit". Quem poderia imaginar?

5. Stacy assume: “não me encaixo na alta costura”

Em entrevista para a revista Sirens, Stacy assumiu que não sente que se encaixa em peças da indústria de alta costura.

“Não sou um tamanho 0, e eu sei como é se sentir excluída dessa comunidade tão exclusiva, mesmo trabalhando nela”.

Ela conta que foi trabalhando em "Esquadrão da Moda" que percebeu o poder que vestir-se de acordo com o próprio tipo de corpo, idade ou estilo de vida lhe dá.

STACY-FATOS3

Crédito: DCL

“É um poder pessoal que está faltando na indústria da moda. Eu sinto que o estilo é sobre o indivíduo, não a indústria”.

Stacy defende que, se você dá a cada pessoa a licença para aceitar seu corpo, idade e tudo mais, você está dando o filtro através do qual elas podem encontrar tendências e estilos que lhes sirvam melhor. 

6. Stacy não bebe cerveja 

A consultora de moda e fashionista admitiu que não consegue tomar cerveja em um episódio de 2004 do Esquadrão da Moda.

ANNA-WINTOUR

Anna Wintour

Crédito: Wikimedia

7. Stacy trabalhou com Anna Wintour na Vogue 

Para quem não conhece, Anna Wintour, editora-chefe da edição norte-americana da revista Vogue, foi satirizada na personagem "Miranda Priestly",de “O diabo veste Prada”. 

Sobre a época que trabalhou com Wintour, Stacy comenta que não foi fácil, mas que não se arrepende, pois aprendeu tudo que podia aprender sobre moda nessa época.

“A palavra impossível não existe se você trabalha para Anna Wintour. Você aprende a encontrar coisas que são inimagináveis, aprende a cumprir prazos que não são realistas, todas essas coisas são verdadeiras.”.

Comentários Ver mais comentários