Conteúdo não disponível

Desculpe, este conteúdo não está disponível em seu país, mas temos muitos outros para você aqui

Prepare a casa para a chegada do bebê

Casa
Prepare a casa para a chegada do bebê
Casa
Prepare a casa para a chegada do bebê
Thinkstock
Bebês precisam de carinho, atenção, cuidados...e espaço. Por isso, muitas vezes os futuros pais optam por reformar a casa ou mesmo mudar para um lugar maior. Mas algumas soluções simples podem ampliar os espaços já existentes.

Quando saem da casa dos pais, as pessoas escolhem um imóvel que seja bonito, barato e funcional. A proximidade do trabalho e o valor costumam ser fatores decisivos. No entanto, a perspectiva muda completamente quando se decide formar uma família, sobretudo com um bebê a caminho.

Quando temos um bebê a caminho, as prioridades se concentram no conforto e bem-estar da criança, além da proximidade da creche ou escola. Reformar um cômodo ou mudar de casa muitas vezes se torna uma necessidade – e também um dilema.

A chegada de um novo bebê é sempre um fator determinante para uma mudança ou é mais aconselhável reformar o espaço existente?

Em primeiro lugar, analise as limitações e potencialidades da casa atual. Muitos ambientes podem ser redecorados e atender às suas necessidades. Veja algumas dicas para aproveitar todas as possibilidades que sua casa oferece antes da chegada do bebê.

Aproveite espaços pouco utilizados

Para ter mais espaço, nem sempre é preciso derrubar paredes ou construir um segundo andar. Muitas casas têm locais pouco utilizados, como vãos e quartinhos que servem apenas para acumular objetos desnecessários.

Prepare a casa para a chegada do bebê

Crédito: Divulgação

Com a chegada do bebê, esses espaços podem e devem ser aproveitados. Um escritório pequeno pode se tornar o quarto da criança ou uma sala de jogos. Doar ou vender as coisas que você não usa mais também é fundamental para liberar espaço.

Divida os ambientes

Dividir um espaço grande em dois ambientes é uma boa saída. Para isso, basta alterar a disposição dos móveis, mudando um armário, mesa e sofá de lugar, ou simplesmente trocando a cor das paredes.

As divisórias modulares e bibliotecas verticais, que vão do piso até o teto, são excelentes opções. Além de criarem divisões, permitem armazenar uma grande variedade de objetos.

Aposte em móveis multifuncionais
Prepare a casa para a chegada do bebê

Crédito: Divulgação

Seu bebê não precisa de um quarto enorme para o berço, o chiqueirinho, a cômoda e os brinquedos. Com um único móvel, você pode aproveitar ao máximo um espaço pequeno. Os berços funcionais já vêm com gavetas acopladas e podem se converter em uma cama, cômoda ou poltrona. 

Para otimizar o espaço e reduzir a poluição visual, recorra à mesma solução em outros ambientes com mesas, camas e cadeiras conversíveis. 

Faça com que tudo pareça maior 

Às vezes, a falta de espaço é uma questão de percepção. Algumas mudanças na decoração podem fazer a diferença, como a cor das paredes e a iluminação. Cores mais suaves e frias são indicadas para ambientes internos, como os tons pastel, bege e cinza. As cores escuras são uma boa opção apenas em ambientes amplos, com muita luz natural. 

Quanto à iluminação, janelas grandes são a solução ideal. Se não for possível, invista nas lâmpadas de LED embutidas, que são modernas, bonitas e práticas. Outros elementos que ajudam a ampliar os ambientes são os espelhos e as cortinas claras até o chão. 

Pense em locais de recreação
Prepare a casa para a chegada do bebê

Crédito: Divulgação

Se o quarto da criança for muito pequeno, destine um espaço para um quarto de brinquedos ou construa um quintal aberto. Quando estiver mais crescido, o bebê precisará de um ambiente onde possa se movimentar, se divertir e dar asas à imaginação. 

Uma boa saída é criar uma sala de jogos na edícula, porão ou garagem, com mesinhas, baldes coloridos, pufes confortáveis e prateleiras. Com tempo e um pouco de disposição, você pode transformar esses espaços em um ambiente agradável para toda a família. 

Em qualquer reforma, não esqueça de tomar alguns cuidados, sobretudo se estiver grávida. Evite se expor a tintas ou à poeira das paredes. Contrate um empreiteiro para tocar a obra ou deixe algumas tarefas, como lixar paredes, a cargo de outro membro da família. 


Comentários Ver mais comentários