Conteúdo não disponível

Desculpe, este conteúdo não está disponível em seu país, mas temos muitos outros para você aqui

Hamburguer de virado a Paulista

 VIDEO • 00h 01m 

Lívia e Manu chegam na maior cidade do Brasil em busca de mais histórias de superação e receitas incríveis com arroz e feijão. Eles conhecem Dona Neide, uma baiana que chegou em São Paulo com apenas seis anos, pegou gosto pelo esporte e, hoje, devolveu a autoestima das moradoras do Capão Redondo com sua ONG Vida Corrida, que incentiva mulheres e crianças na prática de atividades físicas. Com Dona Neide, Manu aprende os segredos do tradicional virado à paulista. Depois, nosso chef precisa superar o desafio sugerido pela convidada do episódio: recriar o virado de uma maneira que conquiste as crianças. E agora?

Virado à Paulista

1 maço de couve finamente fatiada e sem o talo 
1 colher de chá de alho 
300 g de bacon cortado em cubinhos 
200 g de torresmo 
4 ovos 
250 g feijão carioca 
3 copos de arroz cozidos e fritos na banha 
4 linguiças, 
4 bistecas de porco bem temperadas 
Farinha de milho

um dois 5

Modo de Preparo: 

Cozinhe o feijão com louro e a pele do bacon cortada em tirinhas. Tempere com alho, cebola, cuidado com o sal. Frite o bacon e refogue alho e a couve nele, ficando com os pedacinhos de bacon. Frite a linguiça, os ovos, as bistecas e o torresmo. Uma cebola no fim da fritura vai bem também. Adicione um pouco da farinha de milho para fazer o virado, decore um prato grande com as porções, coloque limão em fatias. Rende 4 porções.

Prato tradicional da capital paulistana, o virado à paulista é um dos “PFs” mais pedidos da cidade, especialmente às segundas-feiras. Mas sua origem é bem mais antiga: o prato surgiu espontaneamente para alimentar os bandeirantes em suas expedições. Em sua versão contemporânea, o virado é montado com tutu de feijão, arroz, couve refogada, ovos, banana à milanesa, linguiça calabresa e bisteca suína. 

Arroz utilizado: Arroz Reserva Especial 

Feijão utilizado: Carioca