Conteúdo não disponível

Desculpe, este conteúdo não está disponível em seu país, mas temos muitos outros para você aqui

A linguagem corporal na sedução

Relacionamento
A linguagem corporal na sedução
Relacionamento
A linguagem corporal na sedução
Thinkstock

Com muita frequência recebo dúvidas, geralmente de homens, sobre o que dizer em um bar ou outro lugar para paquerar. A pergunta, sem dúvida, refere-se à linguagem verbal. Parece que buscam uma frase fulminante, infalível, que não dê margem a erros. No entanto, a minha resposta a essa pergunta é: não vamos dar tanta importância a “o que” e prestar mais atenção ao “como”.

Na arte da sedução, tal como na comunicação humana em geral, a linguagem corporal tem uma importância que nem sempre é bem dimensionada. Ela é tão importante quanto a linguagem verbal, ou mais. Na verdade, a mesma frase acompanhada de gestos faciais, postura corporal e de diferentes tons de voz pode ser interpretada de forma oposta pelo destinatário. Se abordarmos a pessoa desejada e dissermos uma frase maravilhosa e original, mas nossa linguagem corporal transmite insegurança, medo do ridículo e rigidez, não vamos obter a reação esperada. No entanto, dizer uma frase “vulgar”, mas de forma graciosa, firme e segura, produz outro impacto e talvez gere uma abertura.

Por tudo o que já citei, deduz-se que na arte da sedução é essencial prestar atenção à linguagem corporal. Ou seja:

• Ao que transmitimos.

• Ao que nos transmitem.

• A relação entre a troca de mensagens verbais e corporais, encadeadas de forma circular.

Se analisarmos a expressão de interesse sexual de homens e mulheres, podemos observar que as mulheres são, geralmente, mais sutis, e os homens, mais diretos. Isso não significa de forma alguma que o macho é o sujeito “ativo” da sedução, e a mulher apenas uma mera espectadora. A sedução consiste em um jogo de sinais, mais ou menos óbvios, entre duas pessoas. Portanto, a participação de ambas as partes é ativa, embora possa assumir formas diferentes.

A postura corporal típica do homem masculino é de  “ampliação e alongamento”. Ele tenta se mostrar forte e poderoso, adotando uma postura ereta (me perdoem a metáfora com os órgãos genitais), estufando o peito e exibindo seus músculos. Também recorre a um olhar de caçador à espreita e a alguns símbolos de poder (atribuídos socialmente), como roupas, joias, relógio, dispositivos eletrônicos e, é claro, um carro.

A postura corporal típica da mulher enfatiza sua sensualidade através das curvas do corpo, com a exibição parcialmente velada de regiões que chamam a atenção dos homens, como os seios, os quadris, o abdômen, os glúteos e as pernas. Certas posturas corporais facilitam a tarefa, como a “sereia”, com as pernas cruzadas, os quadris girados em relação ao tronco, o uso de sapatos de salto alto, sutiãs especiais, cintas-liga, minissaias e outros acessórios.

Portanto, é preciso observar melhor a linguagem corporal e aprender a expressar com gestos e posturas seu melhor potencial na hora de seduzir.

Por Dr. Ezequiel López Peralta

Comentários Ver mais comentários