Mitos sobre a primeira vez

Mitos sobre a primeira vez

Por Dr. Ezequiel López Peralta

As perguntas das leitoras são a base desta coluna. Hoje, falaremos sobre virgindade. Mesmo que você já tenha uma vida sexual ativa, acho importante ler o artigo. Informação nunca é demais!

Tenho 20 anos e perdi a virgindade há um ano, mas isso aconteceu de forma estranha. Não senti dor e não tive qualquer sangramento. Qual é o motivo disto? Muitas mulheres se queixam de dor, mas eu não senti nada desagradável.

A primeira vez de uma mulher é cercada de mitos. Sua dúvida reflete a crença de que, na primeira relação sexual, todas devem sentir dor e sangrar. De fato, a maioria das mulheres sangra por causa do rompimento do hímen, membrana que cobre parcialmente a vagina até a primeira relação. No entanto, nem sempre o hímen se mantém intacto até esse momento, já que pode se romper em decorrência de movimentos bruscos, exercícios e até pela masturbação. Há, ainda, mulheres que têm hímen elástico, que não se rompe com facilidade. Quanto à dor, ela é proporcional ao nível de relaxamento da mulher. O nervosismo gera contrações musculares involuntárias em diferentes partes do corpo, mas se a mulher estiver relaxada e tranquila, sem medo, pode não sentir dor alguma. Essa questão também está relacionada ao estímulo sexual. Quando as preliminares são bem feitas, a vagina fica lubrificada e preparada para receber o pênis.

Outros mitos que rodeiam esse momento tão importante da vida sexual:

- A mulher não engravida na primeira vez. Essa ideia, muito comum entre adolescentes, é responsável por muitas gravidezes não-planejadas. Se a mulher estiver em período fértil, pode engravidar sim.

- Há uma idade específica para a iniciação sexual. Muitas pessoas me perguntam qual a melhor idade para iniciar a vida sexual. Na verdade, mais que uma idade específica, o que importa é a maturidade, o desenvolvimento corporal e a noção de responsabilidade.

- É preciso saber muito sobre sexo para que a primeira vez seja prazerosa. A sexualidade é um aprendizado permanente, inclusive em pessoas com idade mais avançada. Achar que é preciso saber muito a respeito antes da primeira vez, é uma exigência grande demais que pode acabar, inclusive, atrapalhando o momento.

Publicidade

Publicidade