Conteúdo não disponível

Desculpe, este conteúdo não está disponível em seu país, mas temos muitos outros para você aqui

Guia de episódios

Comer é o Melhor Remédio
Guia de episódios
Comer é o Melhor Remédio
Guia de episódios
Thinkstock
Acompanhe a segunda temporada de "Comer é o melhor remédio!"
Episódio 1

O primeiro paciente a ser atendido pela equipe é Jack, de 4 anos. Ele sofre de eczema atópico, uma doença de pele que causa coceira, secura e vermelhidão.

Beth, de 29 anos, sofre de artrite reumatoide, uma doença autoimune que afeta 400 mil pessoas no Reino Unido e causa um inchaço doloroso nas juntas. Ela já teve que substituir cinco articulações.

Adam, de 22 anos, detesta frutas e verduras e come apenas alimentos calóricos e industrializados.

A médica Pixie McKenna parte em uma missão para identificar os heróis do mundo da alimentação. Ela conversa com o professor Andrew Jones, da Universidade de Exeter, que está fazendo testes pioneiros com ciclistas no velódromo de Portsmouth.

Episódio 2

Ezra, de 14 anos, sofre do Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDHA), que afeta 5% das crianças em idade escolar no Reino Unido.

Maryn, uma londrina de 30 anos, alimenta-se principalmente de frutas, mas está exagerando nas porções – e aprende que uma dieta tão restritiva não faz bem à saúde.

Jayne, de 31 anos, procura desesperadamente por uma cura para a alopecia universalis, uma condição que causa a perda maciça de pelos e está afetando sua autoestima.

A médica Pixie McKenna conversa sobre as propriedades do agrião com Mark Fogerty, da Universidade de Edimburgo. No “Desafio da Fibra”, Sarah se oferece como voluntária depois de perder a mãe para um câncer no intestino.

Episódio 3

Adam, um estudante de 18 anos, sofre de um grave caso de acne. Para combater o problema, Lucy indica uma dieta com baixo teor de glicose para reduzir o nível de insulina e controlar a produção de hormônios.

Charlene, de 24 anos, luta contra um vício bizarro: ela substitui algumas refeições tomando cerca de seis litros de refrigerante por dia. Lucy planeja uma dieta para ajudar a controlar os sintomas da abstinência, mas depois de apenas 12 horas sem a “droga”, Charlene está irritada e sente dores de cabeça.

Ellie tem 60 anos de idade e não tem uma boa noite de sono há quase 30. Lucy indica a ingestão de carboidratos quatro horas antes de dormir para que ela se sinta sonolenta.

O "Desafio da Fibra" continua com Melissa, que tem o intestino preguiçoso: ela só consegue ir ao banheiro uma vez a cada cinco dias.

Episódio 4

Os especialistas investigam os benefícios do mirtilo para o desempenho cerebral. O professor Jeremy Spencer, da Universidade de Reading, explica como os flavonoides, um grupo de antioxidantes presentes na fruta, aumentam o nível de concentração e a capacidade de aprendizado.

O fisiculturista Phil, de 53 anos, sofre de obesidade mórbida, e seu tamanho lhe rendeu o papel de um gigante em um dos filmes de Harry Potter. Ele não quer atrapalhar sua carreira de ator, mas teme uma morte precoce se continuar comendo demais. Lucy receita uma dieta para baixar seu colesterol e reduzir o peso sem perder massa muscular.

Alfie, de 7 anos, sente dores de estômago, inchaço e diarreia, e sua mãe teme que ele sofra da doença celíaca.

Pixie McKenna investiga se a cebola é tão boa como a aspirina para afinar o sangue e reduzir o risco de doenças cardíacas. No "Desafio da Fibra", Andy percebe que comer mais fibras aumenta seu nível de energia.

Lauren, de 18 anos, adota dietas radicais para perder peso, como a “dieta do xarope de bordo”. Lucy a ensina a se alimentar de forma saudável e evitar o "efeito sanfona”.

Episódio 5

Rachel, de 31 anos, tem uma forma severa de cistite crônica. Como medida preventiva, Lucy indica suco de oxicoco e também os frutos secos, além de bebidas probióticas.

Gozen, de 25 anos, sofre de uma doença de pele inflamatória crônica. Os sintomas incluem cistos e abcessos nas axilas, virilha, peito e costas, e forte cheiro de suor. Ela deve adotar uma dieta pobre em glicose, a mesma indicada para a acne.

Terri, de 73 anos, sofre de disfunção erétil, uma condição que está comprometendo o relacionamento com sua segunda esposa.

Enquanto as britânicas gastam 25 mil libras ao longo da vida em produtos para emagrecer, Pixie McKenna testa um tempero natural que ajuda a perder peso.

Stephen Whiting, da Universidade Metropolitana de Manchester, explica como a capsaicina, presente na pimenta vermelha, pode aumentar a taxa metabólica.

Episódio 6

Este episódio especial investiga os pratos tradicionais das festas infantis. Será que cachorro-quente, bolo, batata frita, doces e refrigerantes fazem a garotada ficar mais agitada?

Para descobrir a resposta, os especialistas em dietética Giovanni Miletto e Lucy Jones dão uma festa na Escola de Ensino Fundamental Plumcroft, em Londres, com resultados surpreendentes.

Um dos pacientes atendidos neste episódio é Charlie, de quatro anos, que sofre de epilepsia. Ele chega a ter 300 convulsões por dia, e sua condição é tão grave que seus pais temem que um dia ele não consiga mais reconhecê-los.

Sam, de 15 anos, tem Síndrome de Tourette, uma condição constrangedora que provoca tiques físicos e vocais involuntários, muitas vezes em momentos inadequados. Cansado de ser ridicularizado, Sam quer saber se alguns alimentos podem reduzir os sintomas.

Pixie McKenna e Lewis James, da Universidade de Loughborough, convidam um time de futebol masculino para um teste: comparar água e leite desnatado para descobrir qual tem o maior poder de hidratação.

Episódio 7

Sob a supervisão dos especialistas do programa, seis mulheres obesas são monitoradas 24 horas por dia em uma casa, onde lutam contra a fome e as próprias emoções. Todas sofrem de diabetes tipo 2 e adotam dietas que ajudam a combater a doença.

Três delas ingerem refeições de baixa caloria, enquanto as demais sobrevivem de milk-shakes diet. Em meio a lágrimas e brigas, a experiência dessas oito semanas mudará a vida das participantes e aumentará nossa compreensão sobre a obesidade.

Comentários Ver mais comentários