Conteúdo não disponível

Desculpe, este conteúdo não está disponível em seu país, mas temos muitos outros para você aqui





UMA MULHER DE PESO

Nova temporada sábado, 11 de novembro, às 18:50

Whitney Thore sempre foi magra. Dançarina, ela cresceu acostumada a um corpo que as pessoas admiram – isso até o primeiro ano da faculdade quando começou a ganhar peso rapidamente em função da síndrome do ovário policístico.

Hoje, aos 30 anos, ela pesa mais de 170 quilos e está decidida a enfrentar o preconceito para fazer aquilo que mais ama: dançar. Depois de lutar contra a depressão – os padrões estéticos e as pressões sociais abalaram a confiança da bailarina, que passou a se sentir no corpo errado – ela encarou os preconceitos e voltou a dançar.

Em janeiro de 2014, começou a compartilhar na internet vídeos de coreografias que ela mesma executa. Assim, a garota obesa tornou-se um fenômeno repentino e passou a receber milhares de mensagens de apoio.

O sucesso estrondoso dos vídeos motivou o lançamento da campanha #nobodyshamecampaign (“sem vergonha do corpo”, em tradução livre), que estimula a autoestima de pessoas que estão “fora” dos padrões estéticos rigorosos difundidos por meios de comunicação e redes sociais.

Comentários Ver mais comentários